Áreas classificadas |Entenda a diferença entre elas

por | dez 14, 2020

O que são áreas classificadas e como identifica-las?

Áreas com risco de explosão são locais onde existe a possibilidade da formação de atmosferas explosivas devido à presença de substâncias inflamáveis. Há áreas classificadas nos mais diversos segmentos. Para evitar a ocorrência de acidentes de trabalho em ambientes potencialmente explosivos, é fundamental que as áreas classificadas estejam devidamente sinalizadas e que toda a instalação elétrica do local seja feita de maneira cuidadosa, com realização de fiscalizações periódicas.

Para avaliar ambiente com atmosfera explosiva é necessário classificar em zonas de periculosidade, avaliando o risco nos locais, as propriedades das substâncias inflamáveis e características dos equipamentos que podem ser utilizados 

Uma área classificada está diretamente relacionada com o conceito de atmosfera explosiva, sendo que em serviços como, por exemplo, o trabalho de desgaseificação, é necessário que a área da planta onde a operação está sendo feita seja classificada

Sabendo agora o que são áreas classificadas, neste post separamos algumas dicas de como é feita a identificação dessas áreas e o que é atmosfera explosiva.

Classificação em zonas  

A classificação em Zonas de periculosidade  trata-se da frequência e duração da presença da atmosfera explosiva nos locais. Por existir diferenças entre grau de risco, bem como outros fatores, é possível classificar as áreas explosivas, formados por gases ou vapores, definidas nas zonas 0, 1 e 2 e poeira combustível  nas zonas 20, 21 e 22.

Zona 0/20: trata-se da área na qual a atmosfera explosiva está presente continuamente, por longos períodos ou frequentemente, e, portanto, inspiram cuidados;

Zona 1/21: trata-se da área na qual a atmosfera explosiva pode estar presente eventualmente, em condições normais de operação. Em alguns casos o risco só existe enquanto os equipamentos estão ligados, e/ou, somente durante alguns processos produtivo;

Zona 2/22: trata-se da área na qual não é provável que a atmosfera explosiva ocorra em operação normal e, se ocorrer, permanece somente por um curto espaço de tempo, no entanto, isso não significa que se pode negligenciar a precaução.

Uma vez que dentro das zonas de  periculosidade a formação de faíscas poderá gerar uma atmosfera explosiva, é importante que diferentes tipos de medidas de segurança sejam tomadas, como o monitoramento dos agentes explosivos.

Agora que já conhecemos o que são áreas classificadas, alguns testes de identificação dessas áreas, como testes para liberação de acesso ao espaço confinado sem uso de equipamento para respiração artificial  FREE FOR MAN ( gás FREE ) e  liberação para trabalhos no interior do espaço confinado para a quente  FREE FOR FIRE ( gás FIRE)

Atmosfera explosiva e áreas classificadas

O conceito de atmosfera explosiva está relacionado com a mistura de substâncias inflamáveis com o ar existente em zonas de periculosidade, sendo que podem ocorrer na forma de gases, vapores, névoas ou poeiras, as quais poderão gerar uma explosão e o risco de vida dos trabalhadores.

Para realizar a identificação das áreas classificadas, é necessário que o profissional habilitado siga os procedimentos de segurança de acordo com as Normas Regulamentadoras (NRS), utilizando equipamentos específicos para realização desta inspeção e/ou monitoramento

Uma vez que a classificação das áreas classificadas é realizada por especialistas técnicos da área de segurança do trabalho, o projeto da planta com uma atmosfera explosiva poderá ser mapeado e analisado para garantir maior  segurança do trabalhador, evitando que acidentes ocorram.

A C-Safety é uma empresa de venda e locação de equipamentos para áreas classificadas, bem como serviço específico para testes, inspeções e liberação de trabalhos nestas áreas.

Outras Postagens

Equipamentos para espaços confinados | Veja quais são eles

Equipamentos para espaços confinados | Veja quais são eles

Conheça os equipamentos para espaços confinados: segurança em primeiro lugar A Norma Regulamentadora (NR) que rege o trabalho em espaços confinados é a NR 33. Segundo a norma, qualquer área não projetada para ocupação humana, que possua meios limitados de entrada e...

ler mais